Os ramos da matemática

Mas por que dividir em ramos?

A história da matemática começa no Egito, há aproximadamente 4 mil anos, quando o conceito de número começou a ser compreendido pelo ser humano. A partir desse conceito, a matemática passou a evoluir cada vez mais e, dessa forma, surgiram diversas aplicações para a disciplina. Diante desse cenário, viu-se necessário separar a matemática em ramos conforme a usabilidade de cada um, pois dessa forma, o estudo se tornaria mais organizado. 

De modo mais geral, a matemática pode ser dividida em Matemática Pura e Matemática Aplicada, sendo a Pura focada na parte abstrata da disciplina, e a Aplicada focada na utilização da matemática na resolução de problemas do dia a dia. Contudo, pode-se dividir ainda mais a matemática, e é aí que entram os ramos. E apesar de no Matreemática focarmos apenas nos ramos que aparecem durante o Ensino Médio, existem diversos outros que formam a disciplina. Mas não se engane ao pensar que um ramo não tem relação com o outro, pois eles se conectam muito mais do que você imagina…

faixa de ícones sobre os ramos da matematica